Zines

Exibindo 16–30 de 153 resultados

  • Nativas feministas comem tofu

    R$3,00

    Uma releitura ecofeminista e póscolonial das lendas Mi’kmaq como base para um veganismo indígena.

  • Mulheres Negras

    R$5,00

    Este texto de bell hooks teve um papel central na discussão contemporânea sobre os limites do feminismo para levar em conta as posições sociais e as experiências das mulheres negras.

  • Sobre anarquismo: Uma entrevista com Judith Butler

    R$3,00

    Judith Butler é filósofa pós-estruturalista, feminista e teórica da Queer Theory Suas reflexões contribuíram para renovar amplamente os estudos feministas e as teorias de gênero, assim como os estudos contemporâneos em filosofia e ética.

  • Falando em línguas: uma carta para as mulheres escritoras do terceiro mundo

    R$5,00

    Não é fácil escrever esta carta. Começou como um poema, um longo poema. Tentei transformá-la em um ensaio, mas o resultado ficou áspero, frio. Ainda não desaprendi as tolices esotéricas e pseudo-intelectualizadas que a lavagem cerebral da escola forçou em minha escrita. Como começar novamente? Como alcançar a intimidade e imediatez que quero? De que forma? Uma carta, claro.

  • Podemos descolonizar os museus?

    R$4,00

    Os museus ou são pós-coloniais ou não são nada.

  • Seis teses sobre Ansiedade no Capitalismo

    R$5,00

    Se a ansiedade é a guardiã onipresente da ordem atual, ela também pode ser um perfeito ponto de partida para a resistência.

  • A civilização é um esquema de pirâmide

    R$1,00

    Este pequeno ensaio procura revelar o que as ruínas Maias podem dizer sobre nossa sociedade. Foi escrito pelo autor canadense Ronald Wright em 2000, traduzido em 2007 e revisado em 2017 para esta publicação.

  • Bakunin e a Instrução Integral como parte da revolução

    R$3,00

    Já a algum tempo tornou-se lugar comum dos discursos de políticos e formadores de opinião em geral a defesa da “Educação integral” como “solução” para os problemas da Educação no Brasil. Todavia, o conceito de “Educação Integral” utilizado atualmente refere-se na maioria das vezes na proposição de ampliação do tempo do estudante na escola.

  • Número: sua origem e evolução

    R$6,00

    Este ensaio foi escrito por John Zerzan em 2009 e traduzido pelo Coletivo de traduções e publicações colaborativas do grupo Anarquia Verde em 2015. Título original: Number: its origin and evolution. Trata-se de uma análise crítica do conceito de número e sua relação com o empobrecimento da linguagem no advento da cultura simbólica.

  • Para distinguir amigos e inimigos no tempo do antropoceno

    R$4,00

    Apesar de suas ciladas, o conceito de Antropoceno oferece uma via poderosa, se usado de maneira sensata, de evitar o perigo de naturalização ao mesmo tempo em que assegura que o antigo domínio do social – o domínio do “humano” – seja reconfigurado como sendo a terra dos Terráqueos ou dos Terranos.

  • Libertários: educação da solidariedade e educação da revolta

    R$6,00

    A educação como prática anarquista, nas primeiras décadas do século XX, no Brasil, possui características próprias que a distinguem da educação limitada à escolarização hoje oferecida, de maneira impositiva, pelo Estado.

  • Precisamos falar sobre a vaidade na vida acadêmica

    R$1,00

    A vaidade intelectual marca a vida acadêmica. Por trás do ego inflado, há uma máquina nefasta, marcada por brigas de núcleos, seitas, grosserias, humilhações, assédios, concursos e seleções fraudulentas. Mas em que medida nós mesmos não estamos perpetuando esse modus operandi para sobreviver no sistema?

  • A escola e seu outro

    R$7,00

    Uma reflexão sobre o “outro” da Educação moderna ocidental.

  • Vida precária - Judith Butler

    Vida precária – Judith Butler

    R$5,00

    Vida Precária – Judith Butler reflete sobre o que nos vincula eticamente à alteridade, ao Outro compreendido como as pessoas marcadas por vidas precárias.

  • Foucault e o anarquismo

    R$6,00

    Michel Foucault conhece certamente os intelectuais Etienne de La Boétie e Pierre Clastres, e um outro anarquista conhecido Noam Chomsky, com o qual teve uma conversação em 1971 em um colégio holandês (em Eindhoven) intermediado pelo anarquista Fons Elders.

Exibindo 16–30 de 153 resultados