Divulgação Acadêmica Anárquica

Exibindo 76–90 de 227 resultados

  • Entender Gênero

    R$2,00

    Mas se olharmos mais de perto, podemos nos questionar sobre a natureza do gênero. A biologia, humana e outras, é maravilhosamente diversa.

  • Como fazer?

    R$3,00
  • La violencia espistémica

    R$5,00

    La exigencia de aprender la lengua y la cultura del colonizador es pieza central de los proyectos imperialistas, de tal modo que esa lengua y esa cultura sean también las únicas de los colonizados.

  • Revele-se

    R$3,00

    David Graeber, antropólogo anarquista, revigora a discussão anti-utilitarista sob a perspectiva do pensamento de Mauss elencando uma crítica à intelectualidade moderna e, ao mesmo tempo, ao utilitarismo, tomando o grupo fundado por Alain Caillé, o MAUSS, como um dos últimos antagonistas da ciência econômica que, segundo Graeber, seria a religião da modernidade.

  • Anarquismo e Anarquia

    R$3,00

    “Eu sou anarquista porque me parece que o anarquismo responde melhor que qualquer outro modo de vida social ao meu desejo pelo bem de todos, às minhas aspirações para uma sociedade que concilie a liberdade de todos com a cooperação e o amor entre os homens, e não porque o anarquismo se trate de uma verdade científica e de uma lei natural. Basta-me que não contradiga nenhuma lei conhecida da natureza para considerá-lo possível e lutar para conquistar o apoio necessário para sua realização.”

  • A maneira mais simples de desobedecer ao mundo financeiro é recusar pagar as dívidas

    R$2,00

    Esta entrevista do antropólogo, economista, militante libertário e um dos elementos fundadores e integrantes do “Occupy Wall Street”.

  • Violência, democracia e black blocs

    R$8,00

    O mais importante, portanto, está na transformação ética dos indivíduos que a revolta é capaz de provocar: nela, a revolução deixa de ser estéril e imobilizadora para tornar-se devir. Ignorar isso, é desconhecer a dinâmica política da revolta.

  • A fúria das garotas punks

    R$3,00

    Em meados de 1990, algumas jovens punks, esgotadas com uma conduta machista preponderante em meio ao punk, começaram a inventar maneiras de resistir e enfrentar estas condutas. As práticas instauradas por essas garotas produziram o que veio a ser conhecido como o movimento riot grrrl.

  • Auto-organização autônoma e intervenção anarquista

    R$13,00

    “[…] a questão da auto-organização autónoma e da intervenção anarquista é um problema corrente com o qual nos deparamos, recusando cair em respostas fáceis e na fé em panaceias organizacionais.[…]”

  • Queer nos trópicos

    Queer nos trópicos

    R$6,00

    Este texto busca problematizar tanto a potência da teoria queer como seus possíveis limites, formulando as seguintes indagações: estaríamos diante demais uma teoria do centro para as periferias (e que reinscreveria, noutras cores,esse divisor centro-periferia)?

  • Okupa Alvorada (SP)

    Okupa Alvorada (SP)

    R$4,00

    Okupa Alvorada (SP) – Era fim do ano de 2008, em São Paulo, maior babilônia da América Latina, uma cidade suja, agressiva.

  • Ciberfeminismo

    R$24,00

    Desde que deixou os laboratórios das universidades e outros centros de pesquisa e tecnologia – tradicionalmente ocupados por homens cis, brancos, hetero, e membros da elite econômica –, a Internet se constrói como um local que, ao mesmo tempo, abriga (re)produção de discursos misóginos e tem o potencial de ser uma ferramenta poderosa para o enfrentamento daqueles mesmos discursos.

  • Mulheres Negras

    R$5,00

    Este texto de bell hooks teve um papel central na discussão contemporânea sobre os limites do feminismo para levar em conta as posições sociais e as experiências das mulheres negras.

  • Adesivo estudos queer

    R$3,00

    Adesivo estudos queer

  • Contra a lógica da guilhotina

    Contra a lógica da guilhotina

    R$6,00

    A Comuna de Paris queimou a guilhotina e nós devemos fazer o mesmo.

Exibindo 76–90 de 227 resultados