o ato insurrecional e a auto-organização da luta

R$3,00

Para os anarquistas as questões de como actuar e de como se organizarem estão intimamente relacionadas. E são estas duas questões, não a questão da forma desejada de uma futura sociedade, que nos providenciam o método mais útil para compreendermos as várias formas existentes do anarquismo. O anarquismo insurreccional é uma dessas formas, embora seja importante frisar que os anarquistas insurreccionais não constituem um bloco unificado, sendo extremamente diversos nas suas perspectivas.



o ato insurrecional e a auto-organização da luta
sasha k.
Raividições
12 páginas

Para os anarquistas as questões de como actuar e de como se organizarem estão intimamente relacionadas. E são estas duas questões, não a questão da forma desejada de uma futura sociedade, que nos providenciam o método mais útil para compreendermos as várias formas existentes do anarquismo. O anarquismo insurreccional é uma dessas formas, embora seja importante frisar que os anarquistas insurreccionais não constituem um bloco unificado, sendo extremamente diversos nas suas perspectivas. O anarquismo insurreccional não é uma solução ideológica para os problemas sociais, uma mercadoria no mercado capitalista de ideologias e opiniões, mas uma prática continuada com o objectivo de pôr um fim na dominação do estado e na permanência do capitalismo, que requer análise e discussão para avançar. Historicamente, a maioria dos anarquistas, excepto aqueles que acreditavam que a sociedade evoluiria
até ao ponto em que deixaria o estado para trás, tem acreditado que alguma espécie de actividade insurreccional seria necessária para transformar radicalmente a sociedade. De um modo mais simples, isto significa que o estado tem de ser banido pelos explorados e excluídos e, portanto, os anarquistas devem atacar: esperar que o estado desapareça é uma derrota.


Baixe grátis no blog da editora Raividições

Peso 15 g
Dimensões 1 × 14 × 21 cm

Você também pode gostar de…