Publicado em 2 comentários

Editora Monstro dos Mares: 200.000 impressões de livros e zines anárquicos

Duzentas mil, é impressão pra chuchu! Queremos comemorar e compartilhar com vocês esses números. Criamos um hotsite com essas estatísticas na rede de serviços anônimos Tor. Se você utiliza o navegador Tor Browser (recomendamos o uso), poderá acompanhar mensalmente a atualização de nosso DataMonstro. Um caderno onde realizamos as anotações de quantos livros e zines foram impressos no mês, tal como as quantidades de materiais doados.

Ao hotsite demos o nome de Numerologia, que pode ser acessado no endereço http://numerosjibchfrrm.onion utilizando seu navegador Tor. Nesta página é possível acompanhar quantas impressões já foram realizadas, total de livros e zines impressos, quantidade de litros de tinta utilizados e o histórico mensal desde a criação do DataMonstro no final de 2018.

A importância de jogar tinta no papel é uma tarefa que nosso coletivo editorial se propõe, sabemos da importância dos conteúdos impressos circulando de mão em mão entre compas anarquistas, singularidades anárquicas, pessoas que realizam pesquisas acadêmicas, movimentos sociais, coletivos, bandos e bandas. Queremos seguir com esse rolê por mais tempo, mesmo diante do colapso que se avizinha cada dia mais.

Neste momento em que livros e editoras independentes atravessam um amplo processo de gourmetização, as editoras anárquicas e anarquistas se colocam como alternativas de baixo e baixíssimo custo para pessoas que ainda preferem o livro barato, acessível e fundamentado na cultura do faça-você-mesma e na ampla utilização de softwares livres.

Alcançamos o número de 200.000 impressões com a ajuda e a disposição de muitas pessoas que fizeram parte deste coletivo publicador, com a colaboração daquelas que foram se chegando e com o fundamental apoio das pessoas que curtem nossos materiais, compartilham nas redes sociais, recomendam para outras pessoas, que fazem compras quando possível e aquelas que fortalecem nossa Rede de Apoio financeiro no Catarse.

É com o carinho pelos livros e a forte convicção de que ao fazer edições anárquicas que passam longe das prateleiras de grandes redes de livrarias é uma forma de ação direta, uma ferramenta de luta contra o capitalismo, a colonialidade e o patriarcado em todas as suas expressões. E que por isso, pode e deve ser reproduzida para ler em qualquer lugar, discutir em grupo, promover oficinas, citações acadêmicas, rodas de conversas e
fazer impressões para fortalecer o seu rolê anarquista / banquinha de zines / coletivo.

Independente de sua corrente, tendência ou espectro de atuação anárquica ou anarquista, a Monstro dos Mares está posicionada ao lado de quem luta pelos que vem de baixo, pelas pessoas que resistem contra a Hidra de Lerna do grande capital e em conjunto com todas monas, minas e manos que fazem a luta social em todos os espaços.

Com isso convidamos as singularidades e coletividades para se somarem em nosso esforço de publicação. Utilizarem nossos materiais para criarem suas próprias editoras e distros, para fortalecerem suas atuações e compartilharem a cultura do faça-você-mesma. Seja ao solicitar o envio gratuito de livros e zines para suas iniciativas, seja comprando materiais conosco quando possível, realizando a divulgação de nossos títulos ou mesmo apoiando financeiramente para que nossa editora possa seguir existindo.

Saúde, Solidariedade, Livros e Anarquia!

Números do mês de Junho de 2019

  • Impressões totais desde Agosto de 2017: 208.007
  • Impressões de Junho de 2019: 9.829
  • Livros impressos: 86
  • Livros doados: 37
  • Zines impressos: 210
  • Zines doados: 150

Acesse o hotsite com todos os dados da Numerologia da Monstro dos Mares em http://numerosjibchfrrm.onion (requer Navegador Tor)

Publicado em Deixe um comentário

Nem Google Analytics, nem Facebook Pixel!

Recentemente aconteceu em São Paulo a CryptoRave, um evento tocha onde pessoas se encontram para trocar informações sobre atividades de segurança, criptografia, hacking, anonimato, privacidade e liberdade na rede. Um dos pontos que estiveram presentes foi justamente a questão da comercialização de dados de navegação por parte das grandes corporações e como isso afeta nossas vidas.

Ao assistir a apresentação “Tor – resistir à distopia da vigilância sem fronteiras!“, de Isabela Bagueros, optamos por remover os scripts de Google Analytics e Facebook Pixel de nossa lojinha. Também realizamos uma pesquisa sobre a possibilidade de realizar compras anônimas ou desativar obrigatoriedades de CPF ou número de telefone nas compras. Mas devido as políticas e exigências dos meios de pagamento (outra questão que devemos problematizar) e os recursos limitados da plataforma de e-commerce que utilizamos, não foram possíveis essas implementações. Esperamos que em um futuro próximo, em servidor próprio e serviço Onion. Quem sabe.

Entendemos que há uma necessidade crescente de debates sobre a privacidade de dados e que de alguma maneira possamos avançar nos direitos de liberdade de expressão e anonimato para proteger pessoas e comunidades da opressão de corporações/governos, no acesso à informação e disseminação de conhecimentos livres, bem como na promoção do bem comum.


Tais modificações surgiram em conversas no grupo da Editora Monstro dos Mares no Telegram (BETA) ao abordarmos questões de segurança e privacidade de dados. Participe.