ação direta

Exibindo 1–15 de 22 resultados

  • Zonas Autônomas – Coleção Hakim Bey 2/6

    R$ 24,00

    A TAZ é uma espécie de rebelião que não confronta o Estado diretamente, uma operação de guerrilha que libera uma área ( de terra, de tempo, de imaginação) e se dissolve para se re-fazer em outro lugar e outro momento, antes que o Estado possa esmagá-la.

  • Voto vs. Ação Direta

    Voto vs. Ação Direta

    R$ 1,00

    As pessoas se preocupam com as eleições em níveis nada saudáveis.

  • Preferi roubar a ser roubado

    R$ 28,50

    Preferi roubar a ser roubado é uma coletânea de vários autores. Aborda o ilegalismo uma expressão minoritária e marginal no anarquismo defensora do roubo das classes dominantes como forma de vida, de luta e de reparação.

  • Não existe governo revolucionário

    R$ 2,50

    O governo em si é uma relação de classe. Você não pode abolir a sociedade de classes sem abolir a assimetria entre governante e governado. A economia é apenas uma das muitas esferas em que os diferenciais de poder codificados são impostos por meio de construções sociais; a política é outra. A propriedade privada do capital é para a economia o que o poder estatal é para a política.

  • Violência, democracia e black blocs

    R$ 8,00

    O mais importante, portanto, está na transformação ética dos indivíduos que a revolta é capaz de provocar: nela, a revolução deixa de ser estéril e imobilizadora para tornar-se devir. Ignorar isso, é desconhecer a dinâmica política da revolta.

  • Inflamando pensamentos insurgentes no gueto

    R$ 20,00

    O livro “Inflamando Pensamentos Insurgentes no Gueto” é uma introdução de pensamentos políticos focando na periferia, escrito de forma autônoma pelo rapper Rodrigo Santos Andreoti, integrante do grupo Ktarse.

  • Os 36 estratagemas

    Os 36 estratagemas

    R$ 3,00

    As 36 estratégias apresentadas aqui são fruto de tradições orais populares da China antiga. Não são o trabalho de uma única autoria, como A Arte da Guerra – embora, mesmo no caso deste último, muitas pessoas também alegam que Sun Tzu não foi seu único autor. Com um pouco de criatividade, quase todas as estratégias podem ser aplicadas a praticamente qualquer situação, de guerrilhas expropriadoras à protestos de rua, de projetos auto-geridos à insurreições populares. Sendo assim, anarquistas também podem tirar proveito desse material.

  • Nietzsche e o anarquismo

    R$ 8,50

    Nietzsche e a reflexão anarquista como encontro improvável, provocador e contraditório

  • Aos nossos amigos

    Oferta! R$ 38,00

    As insurreições chegaram, finalmente. E em tão grande número e em tantos países, a partir de 2008, que é o conjunto todo deste mundo que parece, fragmento após fragmento, desintegrar-se. Há dez anos, predizer uma sublevação expor-nos-ia à chacota dos bem-instalados; hoje, são aqueles que anunciam o regresso.

  • Nenhuma paz vai nos proteger

    Nenhuma paz vai nos proteger

    R$ 3,00

    O pior preço pago pelo pacifismo talvez seja jogar a violência cada vez mais sobre as minorias e desempoderá-las quando mais precisam reagir para defender sua própria existência.

  • Questões de organização: 31 teses insurreccionalistas

    R$ 5,00

    O texto que se segue pretende retomar o debate sobre a organização desde uma perspectiva anarquista. Tema antigo, sempre presente, nunca terminado, ainda que haja tenha encontrado a certeza neste ou naquele modelo.

  • e os estupradores? abordagens anarquistas ao “crime” e “justiça”

    e os estupradores? abordagens anarquistas ao “crime” e “justiça”

    R$ 20,00

    Esta zine examina a teoria e a prática anarquista contemporânea sobre crime e justiça, embora não use esses termos. A primeira metade será um exame crítico dos processos de responsabilização baseados na Justiça Transformativa, uma abordagem com origens nos círculos anarquistas dos Estados Unidos que já tem sementes em partes da Europa. A outra metade analisa abordagens retributivas, como ação direta liderada por sobreviventes contra estupradores.

  • Carta aberta aos que condenam as pilhagens

    R$ 7,00

    A pilhagem é necessariamente colectiva: pondo de lado as fantasias de um Rambo proletário, não é um esforço individual. É uma horda de pessoas que levam tudo, porque nela está implícita também a natureza total do roubo.

  • 23 teses sobre a revolta

    23 Teses sobre a Revolta

    R$ 10,00

    As múltiplas derrotas sofridas pelos rebeldes ocidentais, as quais perdemos ganhando, originam-se do fato de que não estamos conscientes de que somos os primeiros colonizados.

  • ai ferri corti

    Ai Ferri Corti

    R$ 17,00

    A insurreição é a rápida emergência de uma banalidade: nenhum poder pode manter-se sem a servidão voluntária de quem o tolera. Nada melhor que a revolta para revelar que quem faz funcionar a máquina assassina da exploração são os próprios explorados.

Exibindo 1–15 de 22 resultados