Divulgação Acadêmica Anárquica

Exibindo 1–15 de 227 resultados

  • Fundo de emergência: Coronavírus (Covid-19)

    R$5,00

    Se você puder colaborar com 5 reais para a manutenção da vida nesse momento de emergência global, agradecemos enormemente

  • Nem o centro e nem a periferia

    R$24,00

    São sete textos, sete cores, sete calendários e sete geografias, onde o Subcomandante Insurgente Marcos aborda sete temas: teoria, diferença, destruição da natureza, terra, medo, memória e guerra. Misturando preocupações acadêmicas com a sensibilidade militante dos zapatistas.

  • O índio no cinema brasileiro e o espelho recente

    R$32,00

    Em O índio no cinema brasileiro e o espelho recente, Juliano aborda a representação de personagens indígenas no cinema ficcional brasileiro, fornecendo de um levantamento dos filmes que apresentam tais personagens. Esse levantamento começa em 1911, quando Juliano identifica o primeiro filme de ficção com personagens indígenas, atravessando as décadas até chegar aos anos 2000.

  • Sobre o fenômeno dos trabalhos de merda

    R$1,00

    Um texto do antropólogo David Graeber que explica porque é que em vez de diminuir, o horário de trabalho não para de crescer.

  • Anarquismo negro

    R$3,50

    Foi somente nos últimos 10 ou 15 anos que os anarquistas na América do Norte começaram a explorar à sério o que significa desenvolver um anarquismo que tanto pode combater a supremacia branca como articular uma visão positiva da diversidade cultural e de intercâmbio cultural. Camaradas estão trabalhando duro para identificar os referenciais históricos de tal tarefa, como o nosso movimento deve mudar para abraçá-lo, e como um anarquismo verdadeiramente antirracista pode parecer.

  • Adesivo refugiados bem-vindos

    R$3,00

    Adesivo refugiados bem-vindos

  • Adesivo FCK NZS

    R$3,00
    Adesivo FCK NZS
  • Manifesto Ciborgue

    R$22,00

    Uma crítica ao determinismo biológico na ficção científica. Podem ciborgues assimilar as marcações binárias de gênero?

  • Patriarcado, civilização e as origens do gênero

    R$2,50

    Este ensaio do filósofo anarquista John Zerzan foi publicado na revista Gênero & Direito v. 1, n. 2, em 2011, e traduzido por Loreley Garcia. O ensaio trata sobre a relação entre crítica à civilização e crítica à imposição de papéis de gênero no patriarcado.

  • Guerra da Informação – Coleção Hakim Bey 1/6

    R$16,00

    Bizarras oferendas em portas de agências bancárias, guerrilhas informativas, terrorismo poético anti-sistêmico: o autor dos cultuados livros TAZ e CAOS é uma incógnita.

  • Rojava: Democracia e Comuna

    R$6,00

    Nesse texto, o autor Paul Z. Simons nos oferece uma análise sobre formas revolucionárias de organização. Com base nas suas experiências no território revolucionário de Rojava, entre a Síria e a Turquia em 2015, ele contrasta práticas democráticas convencionais com o que ele tem visto de Confederalismo Democrático e avalia a federação de comunas como um modelo para anarquistas em outras partes do mundo.

  • Desafios decoloniais hoje

    R$5,00

    A descolonialidade não consiste em um novo universal que se apresenta como o verdadeiro, superando todos os previamente existentes; trata-se antes de outra opção. Apresentando-se como uma opção, o decolonial abre um novo modo de pensar que se desvincula das cronologias construídas pelas novas epistemes ou paradigmas.

  • De Amor e Anarquia

    R$28,00

    Anarquistas sempre se ocuparam de propor e construir espaços e vivências de liberdade em todas as esferas da vida, questionando hierarquias e prisões, e isso incluiu as relações amorosas.

  • Zonas Autônomas – Coleção Hakim Bey 2/6

    R$24,00

    A TAZ é uma espécie de rebelião que não confronta o Estado diretamente, uma operação de guerrilha que libera uma área ( de terra, de tempo, de imaginação) e se dissolve para se re-fazer em outro lugar e outro momento, antes que o Estado possa esmagá-la.

  • Futuro primitivo

    R$10,00

    O Futuro Primitivo é, para nós, a obra mais marcante de John Zerzan. Para além de refletir uma revisitação teórica da Pré-História, ataca violentamente as ideias preconcebidas da antropologia oficial e dá-nos a possibilidade de encontrar uma tênue saída para a catástrofe iminente.

Exibindo 1–15 de 227 resultados