mulheres

Exibindo todos 9 resultados

  • Rojava: Democracia e Comuna

    R$ 6,00

    Nesse texto, o autor Paul Z. Simons nos oferece uma análise sobre formas revolucionárias de organização. Com base nas suas experiências no território revolucionário de Rojava, entre a Síria e a Turquia em 2015, ele contrasta práticas democráticas convencionais com o que ele tem visto de Confederalismo Democrático e avalia a federação de comunas como um modelo para anarquistas em outras partes do mundo.

  • Vivendo de Amor

    Vivendo de Amor

    R$ 4,00

    Muitas mulheres negras sentem que em suas vidas existe pouco ou nenhum amor. Essa é uma de nossas verdades privadas que raramente é discutida em público. Essa realidade é tão dolorosa que as mulheres negras raramente falam abertamente sobre isso.

  • Bruxas Parteiras e Enfermeiras

    R$ 17,00

    O sexismo no conjunto da sociedade assegura que a maioria feminina da força de trabalho da área de saúde sejam “boas” trabalhadoras, dóceis e passivas.

  • Falando em línguas: uma carta para as mulheres escritoras do terceiro mundo

    Falando em línguas: uma carta para as mulheres escritoras do terceiro mundo

    R$ 5,00

    Não é fácil escrever esta carta. Começou como um poema, um longo poema. Tentei transformá-la em um ensaio, mas o resultado ficou áspero, frio. Ainda não desaprendi as tolices esotéricas e pseudo-intelectualizadas que a lavagem cerebral da escola forçou em minha escrita. Como começar novamente? Como alcançar a intimidade e imediatez que quero? De que forma? Uma carta, claro.

  • Mulheres Negras

    Mulheres Negras

    R$ 5,00

    Este texto de bell hooks teve um papel central na discussão contemporânea sobre os limites do feminismo para levar em conta as posições sociais e as experiências das mulheres negras.

  • Ciberfeminismo

    R$ 24,00

    Desde que deixou os laboratórios das universidades e outros centros de pesquisa e tecnologia – tradicionalmente ocupados por homens cis, brancos, hetero, e membros da elite econômica –, a Internet se constrói como um local que, ao mesmo tempo, abriga (re)produção de discursos misóginos e tem o potencial de ser uma ferramenta poderosa para o enfrentamento daqueles mesmos discursos.

  • Violência contra a mulher e o abolicionismo penal

    R$ 3,00

    As Delegacias de Defesa da Mulher aparecem em decorrência de reivindicações do movimento feminista que apela ao Estado no sentido de exigir leis, e uma estrutura física adequada ao atendimento das mulheres vítimas de violência. Frente a esta conformação jurídica que naturaliza o Direito Penal, o abolicionismo é apresentado como possibilidade de romper o duplo vítima/agressor, dimensionando o conflito como situação-problema.

  • mulheres na rede do contestado

    Mulheres na Guerra do Contestado

    R$ 7,00
  • Não nascemos submissas, nos tornamos

    Não nascemos submissas, nos tornamos

    R$ 43,60

    Tabu filosófico e ponto cego do feminismo, a submissão das mulheres nunca foi analisada em detalhes, na complexidade das existências vividas.

Exibindo todos 9 resultados