ecologia

Exibindo todos 14 resultados

  • Nem o centro e nem a periferia

    R$24,00

    S√£o sete textos, sete cores, sete calend√°rios e sete geografias, onde o Subcomandante Insurgente Marcos aborda sete temas: teoria, diferen√ßa, destrui√ß√£o da natureza, terra, medo, mem√≥ria e guerra. Misturando preocupa√ß√Ķes acad√™micas com a sensibilidade militante dos zapatistas.

  • Futuro primitivo

    R$10,00

    O Futuro Primitivo é, para nós, a obra mais marcante de John Zerzan. Para além de refletir uma revisitação teórica da Pré-História, ataca violentamente as ideias preconcebidas da antropologia oficial e dá-nos a possibilidade de encontrar uma tênue saída para a catástrofe iminente.

  • Por que primitivismo

    R$3,00

    Este ensaio foi escrito pelo filósofo anarquista norte-americano John Zerzan em 2002, foi traduzido pelo Coletivo Erva Daninha e revisado por Contraciv. Ele busca apresentar as bases teóricas da perspectiva anarco-primitivista, dialogando com os principais teóricos e críticos da modernidade.

  • O Ecofascimo

    R$4,00

    A transi√ß√£o ecossocial n√£o √© a √ļnica resposta imagin√°vel ao colapso. √Č preciso prestar aten√ß√£o, em vez disso, a uma outra muito diferente, que vem da m√£o do que alguns estudiosos chamam de ecofascismo.

  • Contra a sociedade de massas

    R$2,00

    Este ensaio foi escrito pelo anarquista Chris Wilson, publicado na revista Green Anarchy n. 6, em 2001, e traduzido pelo Coletivo Erva Daninha. Trata-se de uma crítica ao autoritarismo inerente ao modo de vida civilizado.

  • O que √© Anarquia Verde

    R$4,50

    Este texto é uma tradução livremente adaptada do original em inglês, What is Green Anarchy? Traz uma pequena introdução às ideias centrais da anarquia verde, apresentando as principais vertentes e conceitos.

  • Contra o eco-capitalismo

    Contra o eco-capitalismo

    R$6,00

    O objetivo desse livreto é fazer uma crítica à tendência capitalista de assimilar o discurso ecológico e torná-lo parte de uma nova forma de capital, expandindo assim os mecanismos de controle da sociedade capitalista.

  • Valores acima de qualquer pre√ßo

    R$2,00

    Diz-se frequentemente que as ra√≠zes da destrui√ß√£o ambiental consiste em tratar-se os recursos naturais como ‚Äúgratuitos‚ÄĚ e n√£o dar-lhes ‚Äúvalor‚ÄĚ.

  • Ecofascismo: Uma colet√Ęnea

    R$24,00

    Ao montarmos esta colet√Ęnea, tivemos em vista que o futuro ser√° catastr√≥fico e que a socializa√ß√£o b√°sica do ser humano h√° muitos s√©culos √© a submiss√£o. Nos parece que as habilidades e os recursos para levarmos nossas vidas com autonomia est√£o longe de nossas m√£os. Ser√° que temos no√ß√£o dessa incr√≠vel vulnerabilidade?

  • Ludditas, Hackers e Jardineirxs

    Ludditas, Hackers e Jardineirxs

    R$10,00
  • Decrescimento, crise, capitalismo

    R$35,50

    Cada vez está mais claro que a atual economia capitalista, de crescimento ascendente, sempre na casa dos dois dígitos, vai levar a sociedade, no seu conjunto, ao colapso.

  • Jardim das peculiaridades

    R$16,00

    O Jardim das Peculiaridades √© um texto h√≠brido; espa√ßo discursivo onde confluem diversos g√™neros liter√°rios e tradi√ß√Ķes epistemol√≥gicas. A transgress√£o da homogeneidade do g√™nero e a busca de explica√ß√Ķes e solu√ß√Ķes que transcendam os padr√Ķes do pensamento ocidental s√£o partes da estrat√©gia que Sep√ļlveda ocupa para repensar de uma maneira hol√≠stica o problema da identidade e a rela√ß√£o do animal humano com o resto da natureza e com a pr√≥pria vida.

  • Deserto

    R$32,00

    Quais são algumas dessas possibilidades e como pode­mos vivê-­las? O que poderia significar ser anarquista, ecolo­gista, quando a revolução global e a sustentabilidade so­cioecológica não são o obje­tivo principal?

  • Comunismo anticiviliza√ß√£o

    Comunismo anticivilização

    R$5,00

Exibindo todos 14 resultados