Latindo América

R$ 20,00

Latindo América: Uma aventura sobre rodas e patas

Até 12x sem cartão com o Mercado Crédito. Saiba mais
Compre com o Mercado Crédito sem cartão e pague por mês
1
Adicione seu produto ao carrinho de compras e, na hora de pagar, selecione o Mercado Crédito.
2
Inicie sessão no Mercado Pago.
3
Escolha o número de parcelas que melhor se adapte a você e pronto!

Crédito sujeito a aprovação.

Dúvidas? Confira nossa página de Ajuda.

Descrição

Latindo América: Uma aventura sobre rodas e patas

Latindo América: Uma aventura sobre rodas e patas

Eu queria sair do lugar. Poder ver o nunca visto, comer o jamais comido, e me acostumar com o inesperado. Eu queria viver uma rotina de surpresas.

Eu era ciclista mensageiro em Porto Alegre/RS e fazia Graduação em História na UFRGS. A vida seguia um curso interessante mas me atacava certa inquietude, que interrompia o sossego e me convidava a sair da zona de conforto. Decidi pedalar por lugares desconhecidos e viver um dia de cada vez. Sem pressa, prazos, garantias ou renda fixa. A ideia era traçar um caminho no mapa e pedalar para ver o que tem por “lá”. Uma viagem em busca de vivências, enfrentando o desconforto e as incertezas, vulnerável e esperançoso de que tudo daria certo. Sair para viajar sem data de retorno e sem compromisso com o destino.

Enquanto eu me preparava para começar a viagem, a Alegria me adotou. Com três meses de idade apareceu em minha casa faminta e doente e, tão logo entrou em minha casa, entrou também nos meus planos de viagem. Por mais inusitado e complicado que parecesse, eu sentia que não iria aproveitar plenamente minha aventura sem a companhia da minha melhor amiga.

Descobrir como carregar uma cachorra com quase 15kg em uma bicicleta já carregada com toda a minha vida material não foi tarefa fácil. Mas com muito estudo e muitas experiências, consegui, com a ajuda das soldas do Rubimar e das costuras do André, construir a casa rodante da Alegria, que ao longo dos tempos foi ganhando atualizações e reformas que trouxeram muitas melhorias.

Na fria noite de primeiro de agosto de 2018 partimos em bicicleta em nossa jornada em busca de vivências. Desde então, passamos por tantos grandes momentos, singelos e mágicos, que me sinto no dever de compartilhar parte dessas triviais (mas intensas) passagens de encantamento cotidiano.

Viajar proporciona diversos aprendizados nos mais variados âmbitos da vida. Estar imerso em novas culturas, climas, línguas e etc. promove uma abertura no nosso ângulo de visão sobre o mundo. Viajar com tempo e roteiro flexíveis te convida a olhar para si e reconhecer o que se é, a sentir-se (ou não) pertencente a esse mundo em que se vive.

Viajar é ter clareza de que nossas convicções são muito frágeis, e que mudar de opinião é tão fundamental como 2 litros de água ao dia. Viajar é também pôr em movimento nossas crenças, ideologias e paixões. É sentir lentamente a mudança do espaço, ver as nuances do relevo, o clima mudar em cada região, a diferença arquitetônica de cada cidade e relacionar tudo isso com o povo de cada lugar. É olhar admirado para todas as variantes que surgem a cada tanto… cada dia num lugar: uma dinâmica distinta e imprevisível. E, assim, segue-se de acordo com as necessidades. Aliás, percebi também ao longo desses anos que necessidade é um conceito muito fluido. As necessidades vão mudando constantemente, e conforme o transcorrer da vida na estrada, percebo que, a cada dia, menos coisas é mais liberdade.

O que me move nas estradas é o anseio pelo inesperado, um certo vício pelo novo, o desejo de ver alucinantes paisagens e a certeza de que logo alguém vai participar da nossa história.

Já o que me motiva a escrever estas linhas é contar que tivemos muitos momentos de extrema felicidade e de peculiar simplicidade. Nesse pedalar cotidiano, aprendi a dar mais valor ao momento presente e, principalmente, a estar atento às pessoas e aos pequenos gestos. A cada dia fico mais convicto de que estamos na vida com a missão de gozar de momentos de felicidade e de usar nosso curto e limitado tempo de vida fazendo aquilo que povoa nossos sonhos e nos torna acumuladores de histórias.

Hoje vejo que viver feliz é um objetivo, não só alcançável, como muito mais simples do que eu pensava ser antes de começar essa jornada. Assim, compartilho algumas histórias aleatórias para brindar a vida, saudar os amigos e levar você a pedalar conosco nessa viagem animal.

Latindo América: Uma aventura sobre rodas e patas
Allyson Giga Güttler
Monstro dos Mares
36 páginas

Frete incluso


Importante: após retiradas as taxas e despesas de correios, 50% do valor é repassado integralmente ao Giga para ajudar nos custos da viagem. Pode perguntar pra ele se a editora está repassando corretamente. =)

Siga o Latindo América no Instagram.

Scroll to top