Publicado em Deixe um coment√°rio

Estamos no Telegram

Existe uma¬†multiplicidade de aplicativos¬†de comunica√ß√£o ponto a ponto que prometem ser seguros. Seguran√ßa antes de qualquer quest√£o √© pensar sobre a conting√™ncia e necessidade das mensagens trocadas, pois algumas quest√Ķes n√£o precisam ser ditas numa rede social ou num aplicativo seguro. Sua¬†cultura de seguran√ßa¬†√© parte da sua prote√ß√£o. Por√©m comunicar-se com agilidade √© uma condi√ß√£o necess√°ria.

Faz algum tempo adotamos o¬†Telegram¬†como uma alternativa ‚Äúsegura‚ÄĚ ao comunicador preferido da maioria. Entendemos que essa n√£o √© a ferramenta¬†mais segura do universo. Mas como foi criado um bot de not√≠cias, um grupo (com muitas mensagens di√°rias) e tamb√©m um canal de divulga√ß√£o, optamos por manter esse contato mais gen√©rico. Afinal de contas n√≥s apenas fazemos livros e trocamos fofocas sobre a ‚Äúanarcol√Ęndia‚ÄĚ.

Com isso fica o convite para integrar o grupo ou receber os informes do canal: