Como se opor ao fascismo na cena do metal extremo

R$ 2,90

Muitas vezes a cena extrema / black metal não tem sido o local mais acolhedor para pessoas não brancas e / ou LGBTQIA. Essas pessoas gostariam de ir a shows de black metal e fazer parte da cena, mas muitas vezes não se sentem seguras pela presença consistente de racistas em shows e festivais. A forte presença de racistas no Black Metal chegou a produzir um subgênero completamente novo e autônomo: o infame NSBM (NS), ou National Socialist Black Metal.

Até 12x sem cartão com o Mercado Crédito. Saiba mais
Compre com o Mercado Crédito sem cartão e pague por mês
1
Adicione seu produto ao carrinho de compras e, na hora de pagar, selecione o Mercado Crédito.
2
Inicie sessão no Mercado Pago.
3
Escolha o número de parcelas que melhor se adapte a você e pronto!

Crédito sujeito a aprovação.

Dúvidas? Confira nossa página de Ajuda.

Descrição

Muitas vezes a cena extrema / black metal não tem sido o local mais acolhedor para pessoas não brancas e / ou LGBTQIA. Essas pessoas gostariam de ir a shows de black metal e fazer parte da cena, mas muitas vezes não se sentem seguras pela presença consistente de racistas em shows e festivais. A forte presença de racistas no Black Metal chegou a produzir um subgênero completamente novo e autônomo: o infame NSBM (NS), ou National Socialist Black Metal.

O Red & Anarchist Black Metal, um blog de música extrema, publicou recentemente um guia básico para camaradas e compas antifascitas na busca de apagar esses fachos da cena. Rapidamente o material está recebendo traduções e versões em diversos idiomas. Resolvemos realizar nossa contribuição para amizades do Brasil e Portugal.

Como se opor ao fascismo na cena do metal extremo: um guia básico para camaradas e compas antifascistas

barbarie
8 páginas


Informação adicional

Peso 10 g
Dimensões 1 × 14 × 21 cm

Você também pode gostar de…

Scroll to top