Publicado em 1 comentário

Biblioteca Anarquista Lusófona

Biblioteca Anarquista Lusófona (logo)
www.bibliotecaanarquista.org

As chaves de uma biblioteca podem abrir novas ideias! O projeto da Biblioteca Anarquista Lusófona está no ar e precisa de sua participação e divulgação. A Biblioteca Anarquista Lusófona é um repositório de textos anarquistas e de interesse para anarquistas. Baseia-se no The Anarchist Library e tem a mesma estrutura do site em inglês.

No que se refere ao uso do termo “anarquismo” na biblioteca, aceita-se que esse é um termo bastante amplo. Mas amplo não significa infinito, e, basicamente, se reduz a um conjunto de ideias contra o Estado e o Capital. Todas as ideias anárquicas e anarquistas que estejam identificadas com essa definição são bem-vindas. Isso exclui imediatamente o chamado “anarco-capitalismo”, o “anarco-nacionalismo” e porcarias similares.

A Biblioteca Anarquista Lusófona foi traduzida e é mantida por um conjunto de pessoas de variados espectros e entendimentos do anarquismo. Toda pluralidade e diálogo comum entre nós é frutífero. Por isso, a biblioteca não é de uma pessoa, nem pertence ao grupo x ou y. Tampouco é vinculada a uma determinada corrente / organização. Qualquer pessoa pode inserir novos textos e fazer download de arquivos para leitura e impressão.

Inserir textos na biblioteca

Para contribuir inserindo textos no repositório da biblioteca, basta você saber a origem do texto, ou seja, de onde ele foi extraído: a fonte. A familiaridade com editores de textos também é bem-vinda. Se você souber um pouquinho de HTML ou Markdown, vai ajudar bastante.

Tempo necessário: 30 minutos.

  1. Selecione um texto

    Com certeza você tem uma pastinha com muitos arquivos de textos anárquicos e anarquistas. Verifique a fonte do texto e pense como ele pode ser importante para outras pessoas;

  2. Evite a duplicação

    É bem importante verificar se o texto não está disponível na biblioteca. Confira a lista completa por ordem alfabética;

  3. Adicionar um novo texto

    Agora é a hora de adicionar um novo texto. Você pode utilizar o sinal de + na parte superior da página ou o link no rodapé. Lembre-se que é necessário estar registrado no site para prosseguir;

  4. Cadastrar as informações básicas

    Agora é a hora de cadastrar o título do texto, autor, data original de publicação, fonte (origem) do texto, palavras chave, outras informações e colar o texto. Avançar!

  5. Revisar o texto

    Lembre-se de revisar o texto. Utilizar um navegador moderno com um pacote de idiomas e corretor de texto atualizado é uma ótima pedida. Evite utilizar formatações importadas do Word. Para colar sem as formações você pode utilizar o comando (control + shift + v, ou command + shift + v, se utilizar sistema operacional Apple). Se possível, remova todas as marcações <br> ou </br>.

  6. Revise as notas de rodapé

    Para utilizar notas de rodapé, basta inserir em qualquer parte do texto o número da nota dentro de colchetes, por exemplo:

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Pellentesque consectetur, sem eget ultrices fermentum, turpis augue venenatis diam, in rhoncus lacus risus non sem[1].

    No final do texto, em uma nova linha, adicione a sentença “número da nota de rodapé entre colchetes espaço texto da nota”. Veja o exemplo:

    [1] Texto da nota de rodapé, 2020.

  7. Visualizar as modificações

    Enquanto você revisa o texto, é possível visualizar como ele está ficando. Esse processo ajuda muito para verificar se as modificações realizadas deram certo;

  8. Enviar

    Tudo certo? Agora, basta enviar! Voluntários e voluntárias da Biblioteca Anarquista Lusófona farão a revisão e publicação do material. Tenha um pouco de paciência, pois cedo ou tarde você vai receber recomendações de modificações/revisões ou informações sobre a publicação do texto.

  9. Obrigada!

    Só é possível manter o repositório on-line se as pessoas utilizarem a biblioteca. Use e divulgue.


Recursos avançados

Com a Biblioteca Anarquista Lusófona é possível:

  • Contribuir com revisões em textos;
  • Fazer o donwload do texto em diversos formatos de leitura (html, pdf, ePub, LaTex);
  • Baixar o arquivo pdf para leitura ou pronto para impressão de caderno (booklet);
  • Adicionar o texto em sua seleção pessoal e criar um livro com os textos selecionados (bookbuilder);
  • Selecionar somente um trecho do texto para formar uma coleção de citações;

Suporte da biblioteca

Algumas pessoas estão on-line em um pequeno grupo no Telegram (https://t.me/bibliotecaanarquistalusofona) neste exato momento para ajudar quem tem dúvidas sobre como utilizar a biblioteca. Se precisar de auxílio a qualquer momento, não hesite em participar do grupo. E, se puder, auxilie outras pessoas também.


A Editora Monstro dos Mares apoia a Biblioteca Anarquista Lusófona sem nenhum tipo de vínculo.