educação

Exibindo 1–15 de 26 resultados

  • Educação e Cultura Libertária

    R$2,00

    Os anarquistas pretendiam testar seus métodos reeducando e desbloqueando as mentes embrutecidas por condicionamentos milenares, aplicados ao longo de muitas gerações humanas.

  • Cartilha: Adubos e Biofertilizantes de baixo custo

    Cartilha: Adubos e Biofertilizantes de baixo custo

    R$5,00
  • Para destruir a escolarização

    R$14,00

    O texto escrito por Jan D. Matthews faz uma crítica radical da escolarização como processo de preparação para a vida em sociedade e, consequentemente, para uma vida em servidão.

  • Libertários: educação da solidariedade e educação da revolta

    Libertários: educação da solidariedade e educação da revolta

    R$6,00

    A educação como prática anarquista, nas primeiras décadas do século XX, no Brasil, possui características próprias que a distinguem da educação limitada à escolarização hoje oferecida, de maneira impositiva, pelo Estado.

  • Geografias subterrâneas

    R$26,00

    A palavra geografia guarda uma densidade de histórias não oficiais, relacionadas a produções, resistências e disputas por espaço no campo do saber oficial.

  • Bakunin e a Instrução Integral como parte da revolução

    R$3,00

    Já a algum tempo tornou-se lugar comum dos discursos de políticos e formadores de opinião em geral a defesa da “Educação integral” como “solução” para os problemas da Educação no Brasil. Todavia, o conceito de “Educação Integral” utilizado atualmente refere-se na maioria das vezes na proposição de ampliação do tempo do estudante na escola.

  • A escola e seu outro

    R$7,00

    Uma reflexão sobre o “outro” da Educação moderna ocidental.

  • Escritos Afugentáveis 1 – O educador mercenário

    R$30,00

    Educação Libertária é possível? O que é “Educação” para que seja possível adjetivá-la? Uma educação pode ser denominada educação se não for libertária? Uma educação libertária requer professores libertários? Quem seriam? Prescinde de professor? Por que a Educação Libertária é aceita nos espaços institucionais se ela se pretende anti-sistema?

  • Cinema, Educação e Anarquia

    R$5,00

    Cinema, Educação E Anarquia propõe expor o desenvolvimento do Cinéma du peuple, uma cooperativa cinematográfica anarquista iniciada em Paris no ano de 1913. Para isto, faz-se necessário compreender as causas que possibilitaram a criação desta, uma vez que ela cumpria a dupla tarefa de ser uma ferramenta na instrução entre operários e crianças, assim como era uma resposta direta à produção cinematográfica até então desenvolvida. Desta forma, Cinema, Educação E Anarquia abrange os conceitos de memória e constrói uma perspectiva de História social do cinema.

  • Sociedade Desescolarizada Ivan Illich

    Sociedade Desescolarizada

    R$28,00

    A educação universal por meio da escolaridade não é possível. Nem seria mais exequível se se tentasse mediante instituições alternativas criadas segundo o estilo das escolas atuais.

  • A escola pública numa perspectiva anarquista

    R$10,00

    A escola pública é comumente vista como uma escola estatal. Mas será necessariamente assim? Essa mediação do Estado entre a sociedade e a educação será, de fato, necessária? Este artigo pretende mostrar que não, explorando as propostas anarquistas de educação para mostrar a viabilidade de uma escola pública não-estatal.

  • Educação popular e decolonialidade: pedagogias de resistência em Abya Yala

    Educação popular e decolonialidade

    R$12,60
  • A Colmeia uma experiência pedagógica anarquista

    A Colmeia uma experiência pedagógica anarquista

    R$3,00

    Muito mais que uma “escola”, A Colmeia tornou-se uma cooperativa integral, auto-sustentada, na qual o saber e o conhecimento estavam intrinsecamente vinculados à prática, ou seja, à criação dos próprios meios necessários para a sua existência autônoma, principalmente em relação ao Estado ou qualquer outra instituição que a tutelasse.

  • Teoria queer

    R$7,00

    Uma nova dinâmica dos movimentos (e das teorias) sexuais e de gênero está em ação. É dentro desse quadro que a teoria queer precisa ser compreendida. Admitindo que uma política de identidade pode se tornar cúmplice do sistema contra o qual ela pretende se insurgir, teóricos/as queer sugerem uma teoria e uma política pós-identitárias

  • A criança

    R$9,00

    A criança não é nem um anjo, nem um demônio — Ela é a consequência física, intelectual e moral das gerações anteriores — Ela é resultado da hereditariedade, da educação e do ambiente — Importância capital do problema da educação — Cultura física — Cultura intelectual: a escola atual: seu programa, seus métodos, suas condições — Cultura moral: severidade ou brandura? Proibição ou liberdade? — O exemplo. A reciprocidade. — A criança é o futuro!!!

Exibindo 1–15 de 26 resultados