Publicado em Deixe um comentário

Começa hoje a 10ª Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre

10ª Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre

Entre os dias 26 e 28 de Novembro acontece a 10ª edição da Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre. Em 2021, o evento manterá seu formato das edições anteriores e acontecerá buscando descentralizar as atividades. Hoje, sexta-feira, 19h, a abertura será no Viaduto Brooklyn (Av. João Pessoa). No Sábado de manhã, tarde e pedacinho da noite, na Sede da Escola de Samba Acadêmicos da Orgia (Av. Ipiranga 2741) e no Domingo, das 10h às 19:30, na simpática Praça do Aeromóvel (Usina do Gasômetro).

Serão muitas atividades e você confere toda a programação no site da FlaPoA.


A Monstro dos Mares já participou em edições anteriores da Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre, compartilhando espaço com a AntiEditora na 4ª edição. Na 5ª edição estivemos com poucos títulos e na 6ª compartilhamos espaço com compas da Editora Deriva. São ótimas lembranças das atividades e bons momentos com as pessoas e toda companheirada que vive e circula pela capital gaúcha. Confira algumas fotos:

Publicado em Deixe um comentário

Estamos no VI Salão do Livro Político

VI Salão do Livro Político

Tradicional feira de livros, a sexta edição do Salão do Livro Político segue até o dia 3 de outubro. Diferentemente de outros anos, neste o evento será totalmente online, mas continua gratuito.

No total, a feira, que é organizada pelas editoras Alameda, Anita Garibaldi, Autonomia Literária e Boitempo, contará com 56 editoras com venda de livros com descontos de 20% a 50%. Além da comercialização dos livros, a programação também terá debates e um curso sobre fascismo e autoritarismo, também com inscrição gratuita. Todas as mesas serão transmitidas ao vivo pelo canal da TV Boitempo e da PUC SP no Youtube.

De acordo com a organização do evento, “os temas debatidos nesta edição vão atravessar diversas áreas das ciências humanas e atualidades como militares na política, crise climática, pandemia da covid-19, América Latina, extrema direita, precarização do trabalho, neoliberalismo, guerra cultural, socialismo e muito mais”.

Slavoj Žižek, Manuela D’Ávila, Vladimir Safatle, Pedro Serrano, Raquel Rolnik e o escritor cubano Leonardo Padura são alguns dos nomes confirmados.


Publicado em 1 comentário

Isso não é uma retrospectiva (2020)

Queremos enviar um caloroso abraço para monas, minas e manos que estiveram conosco nesse ano. Recebemos muito carinho, apoio e solidariedade de diversas amizades que se preocupam com nossa existência, permanência e continuidade. Num momento especialmente difícil, nessa pandemia sem precedentes, as pessoas enviaram mensagens para saber como estávamos e se havia alguma necessidade urgente. Valeu mesmo! Percebemos que essa ideia de cuidado se amplificou e ganhou espaço em todos movimentos. Atividades radiantes! Compas fizeram ações, campanhas, publicações, lives, rifas, distribuição de comida, mutirões de desinfecção de suas comunidades, muita movimentação para fortalecer nossa gente.

Continuaremos lutando para derrubar os abusos da centralização do poder, do estado, das igrejas, abusadores, juízes e patrões.

Esquecer 2020 será um bom começo. Para muitas pessoas, porém, isso não será possível, pois esse ano horrível já tirou muita coisa de nós.

Entramos em distanciamento social no dia 11 de Março, praticando um severo isolamento desde então. Cancelamos a participação da Monstro dos Mares em qualquer evento presencial até que haja imunização em massa, para todas as pessoas. Não queremos participar de eventos que sejam apenas para alguns e algumas. Que a imunização se faça o quanto antes, ainda que no estado ocupado por essa milícia de mal-intencionados isso possa levar muito tempo.

Seguimos abrindo caminhos de liberdade através dos tempos sombrios. Estamos esticando os braços, arregaçando as mangas e partindo para um outro tempo, um novo capítulo. O mundo como o conhecemos até agora deixará de existir (ainda bem!). Caberá à nossa autonomia e autodeterminação que o ano que se avizinha traga outros ares, nuvens de compartilhamentos, mares de solidariedade entre nós, ventos que fortaleçam todos os bandos. Que essas águas façam brotar sementes de resistência no solo fértil das lutas do campo e da cidade e tragam coragem e força para derrubar o inimigo.

Sigamos! Cada qual tocando o barco, em união de propósitos nas mais diversas práticas e horizontes teóricos fazendo enfrentamento, livros, músicas, florestas, alimentos, bicicletas, lutas, culturas e celebrações.

Livros e Anarquia!
Editora Monstro dos Mares
Dezembro de 2020