Publicado em Deixe um coment√°rio

Treta do frete (envio de livros) 📩

a treta do frete

Treta do frete: porque o rastreamento demora para atualizar?

Os grandes sites de e-commerce habituaram as pessoas a acreditar que s√≥ existem duas modalidades de envios nos Correios: PAC e Sedex. Mas n√£o √© bem assim: essa √© a treta do frete. Quem recebe e envia livros provavelmente j√° se deparou com esses c√≥digos de rastreamento que come√ßam com as letras JN ou RE, que demoram para atualizar. Mas √© assim mesmo que funciona o IMPRESSO na modalidade de REGISTRO M√ďDICO. Esse √© um servi√ßo de envio de materiais impressos para editoras, livrarias, sindicatos, cooperativas, associa√ß√Ķes e pessoas f√≠sicas que precisam de uma modalidade econ√īmica de envio pelos Correios.

No v√≠deo Treta do Frete, dispon√≠vel abaixo, Baderna James apresenta a modalidade de envios utilizada pela Monstro dos Mares, o IMPRESSO. Como funciona? Quais as diferen√ßas entre o Impresso e outras modalidades de entregas? Quem pode utilizar e porque demora tanto para atualizar no Sistema de Rastreamento de Objetos (SRO)? Como a pandemia de coronavirus est√° afetando o dia a dia de atendentes, carteiras e carteiros, operadores de triagem e transbordo (OTT’s) e os prazos de entregas? Antes de falar sobre o pre√ßo do frete, James aproveita para contar uma hist√≥ria envolvendo a sua av√≥, um carteiro e um banco de concreto. O editor tamb√©m d√° dicas importantes sobre como cuidar da sua caixa de correspond√™ncia e como s√£o entregues os pacotes de impressos na sua casa.

Muito se fala sobre uma improv√°vel privatiza√ß√£o dos Correios, mas s√≥ quem n√£o conhece o cotidiano do milagre log√≠stico operado pela EBCT em todos os munic√≠pios brasileiros para dizer uma coisa dessas. Quem compraria os Correios, se j√° existem servi√ßos de entrega de encomendas privados de grandes e pequenas transportadoras? Como um pacote de livros pode atravessar o pa√≠s por apenas 20 reais? √Č l√≥gico que o servi√ßo prestado pela empresa sempre pode melhorar, e poderia at√© mesmo ser mais barato. Mas ser√° que as tarefas de trabalhadoras e trabalhadores que est√£o em afastamento por motivo de sa√ļde est√£o sendo compensadas ou est√£o ficando acumuladas? Ser√° que ser√£o realizados novos concursos ou contrata√ß√Ķes? E a fun√ß√£o de pessoas que est√£o merecidamente buscando aposentadoria, ou que j√° se aposentaram, recebem reposi√ß√£o ou tem algu√©m deixando de contratar para ver a empresa quebrar?

Os Correios j√° foram uma das mais prestigiadas e confi√°veis empresas do pa√≠s e seus servi√ßos costumavam ser reconhecidos por todos. O desmonte dos Correios √© fruto de muitas gera√ß√Ķes de maus gestores, ladr√Ķes que roubaram os fundos de pens√Ķes de trabalhadores e pilantras como o ministro da economia, que pensam que podem vender a empresa a pre√ßo de banana s√≥ para dizer que conseguiu vender alguma coisa. Privatiza√ß√£o √© coisa de ladr√£o!

As amizades que fazem parte da Rede de Apoio recebem os v√≠deos antecipadamente e possibilitam a aquisi√ß√£o e manuten√ß√£o dos recursos t√©cnicos para que mais conte√ļdos sejam criados e disponibilizados em v√≠deo no Youtube e no Podcast da editora. Nosso muito obrigado pelo apoio e um salve especial √†s monas, minas e manos que trabalham nos Correios.

25 de Janeiro, Dia do Carteiro. 💌

Para ouvir no Podcast

Esse e outros episódios você ouve no Podcast da Editora Monstro dos Mares nas principais plataformas de áudio com distribuição pela Anchor.

Para baixar o arquivo de áudio MP3 do episódio do podcast basta clicar aqui.

Ei pirata! 🏴‍☠️
Faça parte da Rede de Apoio da editora fazendo uma contribuição mensal:
Catarse assinaturas ou no PicPay assinaturas